Droga barata destrói vidas na Argentina

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 04/08/2009 - 11h43

Depois de 15 meses em uma clínica de reabilitação lutando contra seu vício em "paco", uma droga semelhante ao crack e altamente viciante que acaba com milhares de vidas na Argentina, Eche voltou a Ciudad Oculta, um bairro pobre nos arredores da capital argentina.

Familiares, incluindo sua mãe, Bilma Acuna, agente anti-paco da comunidade, o receberam em outubro do ano passado.

Há mais de cinco anos, Eche é um escravo do paco, uma droga fumada feita com pequenos resíduos de cocaína misturados a solventes industriais e querosene ou veneno de rato. Rotulada como "o açoite dos pobres" por políticos, a droga se tornou o maior desafio social de favelas como Oculta.

Acompanhe as notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

Palavras-chave: destruição , argentina , vidas , Buenos Aires , paco , droga ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos