Egito volta a ser palco de protestos violentos

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 27/11/2012 - 07h38

Ativistas permaneceram na praça Tahrir, que se tornou o símbolo da resistência há dois anos no Egito - desde a queda de Hosni Mubarak. Os manifestantes não querem a volta da ditadura e, por isso, protestam contra o decreto que dá plenos poderes ao novo presidente, Mohamed Morsi, até que uma nova constituição seja aprovada.


O judiciário está de braços cruzados para a situação enquanto manifestantes esperam atrair um milhão de pessoas nesta terça-feira para um grande protesto. Escolas e bancos anunciaram que não abrirão, com medo da violência já registrada no norte do Egito, onde o escritório da Irmandade Muçulmana foi atacado.


Imagens: Jornal SBT Brasil

Palavras-chave: egito , hosni murabak , mohamed morsi , violência , sbt , protestos , praça , constituição ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos