Espécie de pinguins está ameaçada na África do Sul

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 06/06/2011 - 14h43

Os pinguins fazem parte dos atrativos turísticos da África do Sul. Mas a espécie local está ameaçada: a quantidade de aves sofreu uma redução de 60% desde 2004, dando novos indícios de uma degradação do ecossistema marinho.


Hoje restam apenas 26 mil casais, contra os milhões de pinguins que existiam no início do século 20. A pesca comercial de sardinhas e anchovas esgota a reserva de alimentos das aves, ao mesmo tempo em que o aquecimento global estimula os peixes a migrar.


Além disso, os pinguins não podem nadar muito longe das praias para buscar alimentos para os filhotes. Agora, cada animal faz diferença e as aves feridas ou cobertas de petróleo têm o próprio centro de atendimento.


Os pinguins são resistentes, geralmente se recuperam rápido e voltam sem problemas à natureza. Mas o verdadeiro interesse dos cientistas em estudá-los vai bem além. "O ecossistema marinho sofre e os pinguins nos contam a história”, conta a pesquisadora Venessa Strauss.


Zonas de exclusão de pesca estão sendo estudadas nas proximidades das colônias para evitar que os pinguins se cansem ao sair em busca de alimentos. A que foi implementada ao redor da ilha de Saint Croix se mostrou eficaz na proteção destas aves de andar tão peculiar.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: espécie , pinguins , pinguim , meio ambiente , AFP , ecossistema , ecossistema marinho , preservação , extinção , áfrica do sul ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos