EUA pedem liberdade de norte-americano condenado no Irã

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 10/01/2012 - 12h56

Um juiz iraniano sentenciou um americano de origem iraniana à morte por espionar para a CIA (agência de inteligência dos Estados Unidos), nesta segunda-feira (09/01), exacerbando as tensões entre Washington e Teerã.


Os Estados Unidos condenaram a decisão da justiça iraniana: "Vimos informações da imprensa falando que o sr. Hekmati foi sentenciado à morte por um tribunal iraniano. Se for verdade, condenamos fortemente esse veredicto e trabalharemos com nossos sócios para repassar nossa condenação ao governo iraniano", afirmou o porta-voz do Conselho Nacional de Segurança, Tommy Vietor.


Amir Mirzai Hekmati, um ex-marine de 28 anos, nascido nos Estados Unidos em uma família iraniana, foi "sentenciado à morte por cooperação com um país hostil, por pertencer à CIA e tentar implicar o Irã no terrorismo", sentenciou o juiz de Teerã, segundo as agências de notícias Fars e Isna.


Hekmati tem 20 dias para apelar, disse o promotor-chefe, Gholam Hossein Mohseni Ejei, citado pela agência Isna, sem especificar quando a sentença foi proferida.


O acusado, detido meses antes, apareceu em meados de dezembro na televisão estatal, afirmando em farsi e inglês fluentes que era um agente da CIA enviado para se infiltrar no Ministério de Inteligência iraniano.


Segundo as autoridades iranianas, seu disfarce foi descoberto por agentes do país que o viram na base militar aérea Bagram, comandada pelos Estados Unidos, no vizinho Afeganistão.


Mas a família de Hekmati nos Estados Unidos disse à imprensa americana que ele viajou ao Irã para visitar suas avós.


Seu pai, um professor do estado americano do Michigan, disse que Hekmati não é um espião. Familiares afirmaram ter tentado, em vão, contratar advogados iranianos para ajudá-lo no lugar do indicado pelo governo.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: Amir Mirzai Hekmati , iraniano , condenação , morte , espião , família , Estados Unidos , Washington , Irã , advogados , liberdade , norte-americano , governo , Reuters , Teerã , espionagem , iraniana ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos