Evo Morales estuda punir separatistas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 25/05/2009 - 08h24

O presidente da Bolívia, Evo Morales, que fez uma rápida visita ao Equador, afirmou em Quito que cogita levar à Justiça militar os opositores separatistas que promovem atos terroristas em seu país.

Morales participou, neste último domingo, das comemorações pelos 187 anos da independência do Equador, ao lado do chefe de Estado equatoriano, Rafael Correa, e do seu colega venezuelano, Hugo Chávez.

"Os separatistas devem ser julgados pela Justiça militar", afirmou o boliviano numa entrevista coletiva, concedida antes de seu retorno a La Paz.

Palavras-chave: evo morales , Justiça , militar , punição , equador , terrorismo. , Bolívia , presidente , atos , terroristas , separatistas , visita ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos