Evo Morales segue em greve de fome

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 13/04/2009 - 12h28

Entre 900 e 1.000 pessoas se juntaram em toda a Bolívia à greve de fome iniciada pelo presidente Evo Morales para exigir ao Congresso a aprovação da lei eleitoral que permita a realização de um pleito geral em dezembro.
O anúncio desta mobilização foi feito na noite desta quinta-feira pelos dirigentes da Central Operária Boliviana e da Coordenação Nacional pela Mudança (Conalcam), que acompanham Morales em uma medida de protesto que - segundo asseguraram - não abandonarão até que a lei eleitoral seja aprovada.

Palavras-chave: bolivianos , referendo , morales , evo , evo morales , Bolívia ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos