Explosão na Colômbia mata dois e fere ex-ministro

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 15/05/2012 - 19h36

Pelo menos duas pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas, após a explosão de uma bomba em uma movimentada área de Bogotá, capital da Colômbia, nesta terça-feira (15/05).


De acordo com as autoridades, o artefato aparentemente foi acionado no interior de um ônibus público que transitava sem passageiros.


O presidente do país, Juan Manuel Santos, afirmou que o incidente foi um atentado contra Fernando Londoño Hoyos, que exerceu o cargo de ministro do Governo do ex-presidente Álvaro Uribe.


De acordo com informações de uma emissora local, o político

transitava próximo ao local, quando o veículo explodiu.


Hoyos foi levado ao hospital e seu estado de saúde é considerado estável.


O acidente aconteceu por volta das 11h, horário local, no centro comercial da capital colombiana.


Vários imóveis ficaram detruídos com a explosão.


Leia mais notícias em Último Segundo:


Explosão na Colômbia deixa dois mortos e fere ex-ministro

Palavras-chave: presidente , feridos , mortos vítimas , Fernando Londoño Hoyos , ex-ministro , artefato , bomba , uribe , bogotá , atentado , carro bomba , colombianos , explosão , autoridades , rua , vítima , Hoyos , colômbia , reuters , governo , Juan Manuel Santos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos