Familiares das vítimas perdem esperança

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 03/06/2009 - 11h40

Enquanto os destroços do avião da Air France eram identificados, a cerca de 650 quilômetros da costa brasileira, nesta terça-feira, no Rio de Janeiro familiares das vítimas perderam as esperança de encontrar sobreviventes.

O ex-piloto de avião Milton Júnior era casado há quinze anos com a professora de literatura alemã Isabel Kestler, de 49 anos. Ela participaria de um congresso na Alemanha.

No domingo, ao se despedir da mulher, o aposentado pressentiu o pior.

Leia mais sobre buscas do navio da marinha brasileira no local do acidente no Último Segundo.



Palavras-chave: mulher , avião , acidente , radares , ex-piloto , air france , voo , tragédia , pressentimento , Milton Júnior , airbus ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos