Filho de general é condenado por estupro na China

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 26/09/2013 - 14h45

Um tribunal da China condenou nesta quinta-feira (26/09) a dez anos de prisão o filho adolescente de um general por estuprar com quatro amigos uma jovem, após um julgamento que trouxe à tona os excessos das elites do país.

Li Tianyi, de 17 anos, e outros quatro jovens foram declarados culpados de estuprar uma mulher em um hotel de Pequim em fevereiro de 2013, segundo a decisão.

O pai de Li Shuangjiang, um cantor do exército, tem patente de general. O caso despertou grande interesse no país, onde os filhos da elite, os chamados "Príncipes vermelhos", costumam levar uma vida de excessos pela impunidade que seus contatos lhes concedem.

Li Tianyi já esteve no centro de outro escândalo em 2011, quando ele e outro jovem aceleraram seus luxuosos carros contra um casal que, ao que parece, bloqueava sua passagem, ante o olhar de seus filhos.

O pai é o diretor do departamento de música da Academia de Artes do Exército chinês, e é conhecido por cantar músicas patrióticas. Sua mãe, Meng Ge, também é uma cantora famosa.

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: li tianyi , china , chinês , condenação , prisão , estupro , general , filho , tribunal , hotel adolescente , julgamento , zooimin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos