Funcionários da Iberia protestam contra demissões em massa

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 08/03/2013 - 14h02

Mais de mil funcionários da Iberia voltaram a protestar nesta quarta-feira (06/03), em Madri, na segunda das três semanas de greve contra a supressão prevista de milhares de postos de trabalho que os manifestantes atribuem à fusão com a British Airways.

 

Disparando fogos de artifício e fazendo um apitaço, sob forte presença policial, os funcionários se reuniram diante da sede da companhia aérea exibindo bandeiras espanholas com dizeres como "Iberia espanhola" ou "British Home".

 

Os principais sindicatos da Iberia convocaram três séries de cinco dias de greve, de 18 a 22 de fevereiro, de 4 a 8 de março e de 18 a 22 de março, para protestar contra a supressão de 3.800 postos, de um total de 20.000, anunciada pelo IAG, grupo surgido da fusão, em janeiro de 2011, entre a British Airways e a Iberia.

 

A direção também ameaça reduzir os salários em 11%, afirmam os sindicatos, dispostos a convocar novas paralisações durante as festas da Semana Santa se não se chegar a um acordo.

 

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: iberia , avião , aeronave , aeronaves , aviões , companhia aérea , espanha , espanhóis , crise , economia , greve , paralisação , empresa , corte , custos , plano , demissões , força de trabalho , demissão , voo. voos , passageiro , passageiros , zoomin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos