Golfo do México ainda se recupera do vazamento de petróleo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 19/04/2011 - 15h59

O pior vazamento de petróleo no oceano foi registrado há quase um ano quando uma plataforma explodiu no Golfo do México. Os efeitos desse desastre ambiental ainda não são claros, mas moradores da região desejam seguir com suas vidas e recuperar o tempo perdido.


Há quase um ano, a explosão na plataforma da companhia British Petroleum (BP) no Golfo do México desencadeou um dos piores desastres ambientais da história dos Estados Unidos.


A companhia britãnica fez de tudo para tampar um poço de petróleo danificado na explosão que estava jorrando cerca de 56 mil barris de petróleo por dia no mar. Na superfície, uma equipe de limpeza foi designada para limpar o vazamento.


Oito por cento do petróleo foi extraído ou queimado, mas o restante permaneceu no fundo mar ou foi varrido para a costa. Centenas de quilômetros dela foram contaminadas e milhares de pássaros morreram cobertos pelo óleo.


O vazamento não poderia ter acontecido em pior momento para pescadores: pouco antes do início da temporada de pesca. Autoridades proibiram a pesca em um terço das águas americanas e a economia local foi seriamente prejudicada.


Finalmente, depois de uma série de tentativas frustradas, a BP conseguiu selar o poço, 87 dias após o desastre, mas não evitou o vazamento de quase cinco milhões de barris de petróleo no oceano. Um ano depois, a tarefa é de reabilitação.


A vida selvagem está se recuperando, na medida em que a limpeza segue ao longo da costa, e a BP criou um fundo de R$ 20 bilhões (R$ 31,5 bilhões) para indenizações. Para muitos moradores, a medida não compensa o estrago a longo prazo causado na região do Golfo.


Cientistas afirmam que vai demorar muitos anos para descobrir os efeitos dos milhões de galões de petróleo e dispersantes químicos utilizados na limpeza sobre as populações de peixes e a vida selvagem.


Enquanto muitos na região desejam apenas seguir em frente, as dúvidas sobre o desastre da BP podem mudar suas vidas para sempre.


Leia mais em iG Economia:


EUA autorizam 1ª perfuração em Golfo México após vazamento da BP

Palavras-chave: plataforma , british petroleum , desastre , bp , reuters , limpeza , impacto ambiental , tragédia , fauna , flora , petróleo , impacto , pesca , vazamento , golfo do méxico , meio ambiente ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos