Haiti sofre os efeitos da passagem da tempestade Sandy

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 01/11/2012 - 13h37

A passagem do Furacão Sandy, rebaixado à categoria de tempestade, pelo Caribe deixou para trás um rastro de 71 mortes. Apenas no Haiti, foram 54 mortos, dos quais dois ocorreram nesta quarta-feira (31/10).


A diretora da Agência Nacional de Proteção Civil do Haiti, Marie Alta Jean-Baptiste, disse que ainda há vinte e uma pessoas desaparecidas no país.


As autoridades do Haiti mantêm o estado de emergência no país. Nas Bahamas, os prejuízos causados pelo furacão poderão superar US$ 300 milhões (o equivalente a R$ 600 milhões), de acordo com um relatório do Mecanismo de Seguro de Risco para Catástrofes do Caribe.


Em Cuba, cerca de 200 mil casas foram danificadas, segundo estimativa oficial do governo. A Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que há riscos de desabastecimento em Cuba, pois várias plantações foram afetadas com a passagem de Sandy pela região.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: enchentes , morte , sandy , haitianos , vítima , chuva , furacão , regiões , alagada , furacão sandy , mortos , haitiano , alagamento , ventos , temperatura , enchente , haitiana , haitianas , ventania , desabrigados , haiti , reuters , vítimas , tempestade sandy , vítima , tempestade , ciclone , tempo , alagadas , chuvas , vento , desabrigado , vítimas ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos