Herdeiro da Red Bull tem prisão decretada na Tailândia por atropelar e matar policial

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 03/09/2013 - 15h17

Autoridades tailandesas decretam prisão do neto e herdeiro do bilionário e cocriador do energético Red Bull, por não comparecimento a uma audiência na corte, nesta segunda-feira (02/09).

Vorayuth Yoovidhaya, de 28 anos, é acusado de ter atropelado e matado um policial com sua Ferrari em setembro do ano passado. Os advogados de Vorayuth dizem que ele ficou doente em Cingapura e que por isso não pode retornar à Tailândia para a audiência.

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: red bull , ferrari , atropelamento , tailândia , herdeiro , Vorayuth Yoovidhaya , policial , morte , tribunal , julgamento , cingapura , prisão , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos