Homenagem a militar da ditadura chilena acaba em confronto

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 22/11/2011 - 14h05

Um tributo a um antigo oficial da ditadura do general Pinochet acabou em confronto no Chile.


Um dos principais personagens do regime militar, Miguel Krasnoff participou como membro do Exército chileno do golpe de Estado que derrubou o então presidente Salvador Allende, em 1973.


Manifestantes atiraram ovos e pedras em um grupo de simpatizantes de Krasnoff, em Santiago, capital do país. O militar está na prisão, cumprindo uma sentença de 144 anos de reclusão, por crimes cometidos contra os direitos humanos.


Durante a ditadura, pelos menos três mil pessoas morreram ou desapareceram e milhares foram torturadas pelo regime.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: chile , confronto , prisão , reuters , ditadura , general pinochet , general , direitos humanos , homenagem , pinochet , augusto pinochet , regime militar , ditadura militar , regime , krasnoff , miguel krasnoff , manifestação ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos