Imperador pede calma aos japoneses

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 16/03/2011 - 09h25

O imperador Akihito demonstrou nesta quarta-feira (16/03) estar preocupado com a crise da usina nuclear de Fukushima e pediu solidariedade aos japoneses depois do terremoto da última sexta-feira (11/03), em sua primeira mensagem televisada à nação em seus 22 anos de reinado.


O discurso do imperador, de 77 anos, transmitido pela rede de televisão pública "NHK", mostra a gravidade da crise que vive o Japão, a pior desde o final da Segunda Guerra Mundial, segundo seu Governo.


Leia mais no Último Segundo:


Imperador do Japão se diz 'muito preocupado' com acidente nuclear


Palavras-chave: usina , usina nuclear , terremoto , radiação , tsunami , terremoto Japão , radiotividade , Japão , Fukushima ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos