Inglês encontra restos de pombo-correio usado na 2ª Guerra Mundial

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 05/11/2012 - 15h20

Quando reformava a lareira de sua casa vitoriana, no sul da Inglaterra, David Martin encontrou restos de um pombo-correio utilizado na Segunda Guerra Mundial.


"Achei um anel de alumínio preso a uma das patas da ave e dentro dele uma cápsula vermelha com uma mensagem codificada", relembra o britânico.


A casa de Martin, em Surrey, é próxima a um hotel em que o general britânico Montgomery planejou a invasão do Dia D da França.


Especialistas em Segunda Guerra Mundial tentam decifrar a mensagem que foi enviada pelo sargento W. Stott para chegar a um misterioso "X02" - prov´vael código para "Command Bomber".


Pombos-correio eram usados frequentemente pelas forças aliadas para enviar mensagens durante a guerra. Voando a uma velocidade de até 80 quilômetros por hora, as aves podem viajar distâncias de até mil quilômetros em um dia.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: inglesas , anel , segunda guerra , inglês , pombos-correios , segunda guerra mundial , mensagem , pássaros , pássaro , pombos-correio , britânico , reuters , ave , pombo-correio , prisão , aves , britânicos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos