Irmandade Muçulmana proclama vitória nas presidenciais

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 19/06/2012 - 14h46

A Irmandade Muçulmana declarou na madrugada desta segunda-feira que venceu as primeiras eleições presidenciais do Egito após a queda do ditador Hosni Mubarak. Mohamed Mursi, o candidato do Partido Liberdade e Justiça (PLJ) – braço político da Irmandade – se proclamou o vencedor da disputa com o ex-primeiro-ministro Ahmed Shafiq. Segundo a facção islamita, ele recebeu 52,5% dos votos, contra 47,5% do rival.


Os percentuais são baseados na contagem do próprio partido da Irmandade. A apuração só termina nesta segunda-feira e o resultado oficial só deve ser anunciado nos próximos dias.


Mesmo se for confirmada, é pouco provável que a vitória de Mursi represente o início de um período de tranquilidade no conflagrado cenário político egípcio. As eleições presidenciais aconteceram sem a existência de uma Constituição que estipule os poderes do futuro líder.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: reivindicação , eleições presidenciais , reuters , mulheres , religião , muçulmanos , evento , vitória , praça Tahir ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos