Israel: Ex-presidente é condenado por estupro

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 22/03/2011 - 12h59

O ex-presidente israelense Moshe Katzav foi condenado nesta terça-feira (22/03) a sete anos de prisão por duas acusações de estupro e assédio sexual, em um caso que mobilizou todo o país.


Katzav, de 65 anos, também foi condenado a dois anos de prisão sursis e ao pagamento de uma multa de US$ 28 mil.


No começo do processo Katzav foi obrigado a renunciar ao cargo de presidente, sendo substituído pelo ex-rival Shimon Peres.


Os advogados de Katzav prometeram apelar da decisão.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em

Último Segundo.

Palavras-chave: AFP , advogados , renúncia , pagamento , acusação , Israel , apelação , condenação , estupro , israelense , assédio sexual , acusações , Moshe Katzav , multa , prisão , Shimon Peres , ex-presidente ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos