Japão amplia zona de segurança ao redor da usina de Fukushima

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 11/04/2011 - 12h11

O governo japonês ampliou a zona de segurança ao redor da central nuclear de Fukushima na segunda-feira (11/04), exatamente um mês depois da catástrofe de 11 de março e no dia em que um tremor voltou a abalar o nordeste do país, provocando uma morte e um breve alerta de tsunami.


Segundo Rianne Teule, especialista em radiação do Greenpeace, caso uma grande população fique exposta ao alto nível de radiação, poderão ser vistos com o tempo os efeitos à saúde, como o aumento de casos de câncer.


Um tremor de 6,6 graus voltou a abalar o nordeste do país e comoveu a população local, que continua sob o impacto do terremoto e tsunami do mês passado. Segundo a Tepco, empresa que opera a central, não foi registrado qualquer dano.


Leia mais em Último Segundo:


Terremoto de 7,1 graus sacode de novo nordeste do Japão


Japão divulga imagens de usina nuclear no dia do tsunami

Palavras-chave: tsunami , usina fukushima , radioatividade , energia atômica , destruição , usina nuclear , devastação , terremoto , evacuação , tragédia , fukushima , tepco , radiação , tremor , segurança , zona segurança , afp , zona , japão , zona evacuação ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos