Japão: Greenpeace testa radiação em alimentos

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 07/04/2011 - 14h33

A organização ecológica Greenpeace esteve na cidade de Minamisoma, próxima à usina nuclear de Fukushima, para testar o nível de radiação deixado pelo acidente. Os especialistas do grupo pretendem aprofundar as análises em legumes e no leite.


Após a inspeção, os técnicos consideraram esporádicas e contraditórias as informações fornecidas pelo governo japonês sobre o risco de contaminação. O greenpeace espera agora poder divulgar relatórios independentes e dar conselhos à população.


“Pedimos ao governo que não dê apenas informação sobre o que aconteceu, mas que garanta uma resposta de responsabilidade a futuros riscos”, declarou Katsunobu Sakurai, prefeito de Minamisoma.


Segundo ele, a companhia elétrica Tepco tem sido irresponsável. "Ela levou 11 dias para falar sobre os riscos conosco. O governo também não passou informações que a pudessem nos ajudar a entender o problema”.


A usina nuclear de Fukushima, da Tepco, enfrenta problemas desde que foi atingida por um tsunami no dia 11 de março.


Leia mais em Último Segundo:


Alerta de tsunami é suspenso depois de terremoto atingir o Japão

Palavras-chave: vazamento , fukushima , monitoramento , alimentos , tremor , japão , explosão , tsunami , radioatividade , usina nuclear , crise nuclear , afp , leite , reator , legumes , contaminação , teste , radiação , terremoto japão , terremoto , tepco , terremoto , minamisoma , greenpeace , usina nuclear fukushima , usina ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos