Japão joga água radioativa de usina no mar

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 04/04/2011 - 19h13

A operadora da central nuclear de Fukushima começou nesta segunda-feira (04/04) a jogar 11,5 mil toneladas de água "levemente" radioativa no oceano para permitir a reparação do sistema de resfriamento dos reatores e evitar uma catástrofe pior do que a de Chernobyl.


A operação é uma tentativa para reparar o sistema de resfriamento dos reatores e evitar uma catástrofe pior do que a de Chernobyl.


O governo do Japão disse que o desastre ocorrido no dia 11 de março no nordeste do país e o acidente nuclear posterior poderão ter um impacto em sua política ambiental.


Mais de três semanas depois da tragédia, o registro provisório da polícia é de 12.157 mortes confirmadas e 15.496 desaparecidos, que tiveram seus corpos levados provavelmente pelo mar.


Leia mais em Último Segundo:


Japão lança 11.500 toneladas de água radioativa ao mar

Palavras-chave: radiação , aquecimento , oceano , mortos , tsunami , desaparecidos , afp , corpos , japão , fukushima , impacto ambiental , central nuclear fukushima , reator , contaminação , usina nuclear , tremor , mar , usina nuclear fukushima , terremoto , energia atômica , central nuclear , água , reatores , impacto , meio ambiente , resfriamento , radioatividade ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos