Japonês de 111 anos é reconhecido como homem mais velho do mundo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 21/08/2014 - 12h35

O japonês Sakari Momoi, de 111 anos, recebeu nesta quarta-feira (20/08) em Tóquio, no Japão, um certificado oficial do Guinness, livro dos recordes, como o homem mais velho do mundo. Momoi nasceu em 5 de fevereiro de 1903.

"Eu gostaria de viver mais dois anos", disse Momoi, que nasceu na cidade de Fukushima, região que foi duramente castigada pelo terremoto e tsunami de 2011. No entanto, foi na cidade de Saitama que ele passou a maior parte de sua vida.


Exceto por problemas de audição, Momoi apresenta boa saúde e gosta de ler livros e assistir a lutas de sumô na televisão, segundo a imprensa local.

De acordo com o comunicado de Guinness, Momoi levou "uma vida tranquila", trabalhou como professor de química agrícola, foi diretor de um centro educativo de Saitama e se dedicou a atividades como a leitura, em especial poesia chinesa.

O aposentado japonês substitui o americano de origem polonesa Alexander Imich, que morreu em abril com a idade de 111 anos e 164 dias.

Veja mais em vídeos da internet na TViG.

Palavras-chave: japonês , 111 anos , homem mais velho , mundo , recorde , livro dos recordes , aposentado , sakari momoi , zoomin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos