Jornais alemães querem que Google pague por conteúdo

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 19/12/2012 - 09h32

O parlamento alemão deve votar hoje um projeto de lei que obriga os sites de busca, como o Google, a pagarem as empresas jornalísticas pelo conteúdo que utilizam.


O projeto veio do próprio gabinete da chanceler alemã Angela Merkel - a ministra da Justiça, Sabine Leutheusser-Schnarrenberger, é a responsável pelo projeto de lei.


Na Alemanha, como no resto do mundo, há uma grande discussão sobre o uso do conteúdo dos jornais na internet sem qualquer remuneração aos donos das informações.


No Brasil, os jornais decidiram no ano passado abandonar o serviço Google News, por não receberem nenhuma remuneração pelo uso do conteúdo. A decisão teve grande repercussão em outros países.


Os defensores do projeto de lei alemão afirmam que as editoras de jornais devem ter direito de cobrar parte das receitas de publicidade obtidas pelos sites de busca que utilizam seu conteúdo.


As empresas querem ter mais autoridade para controlar como seus artigos são usados na internet e poder cobrar dos buscadores a exibição de artigos ou extratos de matérias.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: site , alemão , pago , google , conteúdo , alemães , imprensa , artigos , autoridade , jornais , reportagens , jornal , alemanha , busca , buscadores , artigo , buscas , matérias , zoomin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos