Juízes do Egito anunciam greve por tempo indeterminado

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 03/12/2012 - 09h27

No Egito, a crise chega ao poder judiciário. O Supremo Tribunal anunciou uma paralisação por tempo indeterminado. Os juízes decidiram fazer greve depois de serem impedidos de entrar no prédio da Justiça.


Os magistrados alegam também que estão sofrendo pressões físicas e psicológicas. No domingo (2/12), integrantes da Irmandade Muçulmana, partido do presidente Mohamed Mursi, tentaram barrar a entrada dos juízes no prédio.


O conselho que congrega todos os magistrados egípcios declarou que o referendo, convocado pelo governo para 15 de dezembro, é ilegal.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: egípcio , física , pressão , egípicios , egito , juiz , constituição , juízes , ilegal , magistratura , justiça , irmandade muçulmana , mohamed mursi , psicológica , conselho , presidente , zoomin , magistrados , egípicio , muçulmanos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos