Kadafi usa crianças na guerra de propaganda

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 19/04/2011 - 14h41

As forças leais ao coronel Muamar Kadafi podem estar sendo imobilizadas pelos ataques aéreos da Otan, mas a guerra de propaganda travada pelo líder líbio apenas começou.


A televisão estatal continua defendendo o regime e exibindo entrevistas com partidários do ditador, na medida em que o controle rigoroso dos jornalistas estrangeiros na capital líbia

prejudica a cobertura dos acontecimentos no país.


Na guerra de propaganda do regime para garantir que a mensagem atinja a todos, a televisão estatal recorre até ao uso de crianças. “Meu nome é Isra, estou aqui para apoiar Kadafi”, diz uma delas a um jornalista.

Segundo Francois-Bernard Huyghe, investigador do Instituto de Relações Internacionais e Estratégicas, na França,trata-se de um clássico da propaganda: uma criança valente. "Isso já foi feito em todos os países do mundo. Sempre há uma criança dando lição de coragem para adultos”, disse.


Propaganda que também tenta influenciar a opinião pública internacional. Em imagens do funeral das vítimas de um bombardeio, os caixões chegam aos gritos de ódio dos participantes contra a aliança militar internacional e o imã oficia em dois idiomas: árabe e inglês.


Câmeras estrangeiras estão apenas autorizadas a filmar como parte de um tour estritamente organizado para jornalistas ocidentais.


“A opinião pública dos americanos e europeus não aprova as mortes causadas pela intervenção militar. Expor a morte de civis é um elemento importante para o regime de Kadafi”, afirmou Huyghe.


Leia também em Último Segundo:


Grã-Bretanha enviará militares para 'aconselhar' rebeldes líbios

Palavras-chave: confrontos , bombardeamentos , kadafi , líbia , guerra , otan , ditador , combates , coronel , propaganda , muamar kadafi , ataques , rebeldes , líder , afp ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos