Mãe é acusada de levar filha de 6 anos à sessão de bronzeamento

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 04/05/2012 - 14h36

Patricia Krentcil, de 44 anos, é conhecida por frequentar a sessão de bronzeamento cerca de "20 vezes por mês", conforme relato dos donos de salão de beleza do Estado de Nova Jersey.


A acusação contra ela surgiu após a professora de sua filha perceber queimaduras leves no rosto da criança. Questionada, a menina respondeu que havia ido ao salão de bronzeamento com sua mãe.


Krentcil, que mostrava as marcas do excesso de bronzeamento artificial durante o julgamento, qualificou a acusação de por a vida de sua filha em risco como um "mal-entendido".


Ela nega acusação de ter colocado em risco a saúde da filha e alega que a criança ficou na sala, mas não entrou na cabine com ela.





Palavras-chave: queimadura , bronzeamento , criança , risco , salão , acusação , pele , zoomin , salão de beleza , beleza , saúde , julgamento , sol , família , Patricia Krentcil , nova jersey , artificial , americana , bronzeado , julgamento , filha ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos