Manifestantes protagonizam violento confronto com polícia na Irlanda do Norte

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 07/01/2013 - 09h11

A cidade de Belfast, capital da Irlanda do Norte, tornou a ser palco de violência na noite deste domingo (6/01).

Os manifestantes de origem protestante voltaram às ruas para fazer uma passeata contra a decisão dos vereadores da cidade de retirar do prédio da câmara a banderia britânica e apelaram para a violência.

De acordo com as primeiras informações, pelo menos 70 pessoas foram presas e 47 indiciadas.

Nove policiais ficaram feridos e 18 pessoas foram detidas após incidentes violentos ocorridos na madrugada do último sábado (5/01) em Belfast, segundo um balanço divulgado pela polícia local.

Cerca de 300 manifestantes lançaram fogos, tijolos e coquetéis Molotov contra a policiais no leste da cidade, durante uma manifestação contra a decisão do município de não hastear permanentemente a bandeira britânica, informou a polícia.

Já na noite da última quinta-feira (3/01), um episódio de violência parecido deixou 10 feridos entre as forças de segurança.

No último dia 3 de dezembro, o conselho municipal de Belfast, capital da província britânica da Irlanda do Norte, decidiu não hastear permanentemente a bandeira britânica na Prefeitura.

A decisão motivou a violência dos grupos protestantes, que defendem a união da Irlanda do Norte ao Reino Unido.

A Irlanda do Norte viveu 30 anos de violência entre protestantes unionistas e republicanos católicos partidários da unificação com a Irlanda, que deixaram 3.500 mortos.

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: belfast , irlanda , irlanda do norte , irlandeses , irlandês , protestantes , católicos , católico , unificação , decisão , bandeira , britânica , confronto , conflitos , reino unido , manifestantes , manifestação , protesto , protestos , zoomin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos