Mercado lança publicidade polêmica em Israel

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 13/03/2010 - 17h42

Uma popular rede de supermercados israelense decidiu fazer um anúncio televisivo em que atores simulam ser os agentes do Serviço Secreto de Israel que supostamente mataram o líder do Hamas Mahmoud al-Mabhuh, cujo corpo foi achado no quarto de um hotel de Dubai em 19 de janeiro.

O filme publicitário foi rodado esta semana, para a rede Majsanei Kimat Jinam (Supermercados Quase de Graça).

No vídeo, os atores passeiam pelos corredores de uma das lojas da rede colocando produtos no carrinho da compra.

Todos aparecem com roupas parecidas com as das pessoas envolvidas no assassinato de Mabhuh.

Na pesquisa de figurino, foram usadas as imagens captadas pelas câmeras do hotel em que o líder palestino morreu.

Os slogans do filme publicitário também fazem referência ao assassinato de Mabuhl. São eles: "Eliminamos os preços" e "Oferecemos preços de matar".

"A linguagem cinematográfica do anúncio é muito original", explicou à Agência Efe Safi Shaked, diretor do anúncio.

A paródia começará a ser veiculada a partir de segunda-feira.

Leia notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig


Palavras-chave: israel , supermercado , Mahmoud al-Mabhuh , publicidade , líder , Hamas , palestinos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos