Mistério sobre a morte de Boubacar Bah

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 19/01/2009 - 19h31

Boubacar Bah, um português naturalizado da Guiné-Conacri, morreu num centro privado de detenção americano. Sabe-se que bateu com a cabeça no chão, em circunstâncias pouco claras.

Quando recuperou a consciência foi levado para o departamento médico. Boubacar estava agitado e incoerente. Este é um sintoma claro de hemorragias intra-cranianas. Foi algemado e acorrentado ao chão para "evitar que se magoasse mais".

No chão Boubacar começou a gritar numa língua estrangeira. Apesar de lhe ordenarem que se acalmasse, manteve-se agitado e começou a vomitar no chão.

Por desobedecer a ordens, foi levado agrilhoado para uma cela de isolamento. Quando o largaram na cela, caiu e bateu novamente com a cabeça na cabeceira da cama.

Às 9 da manhã fecharam a cela. Nas verificações feitas pelos guardas, Boubacar parecia adormecido e espumava da boca.
Finalmente às 10:30 da noite, perante um homem imóvel e deitado na sua própria urina, com vómito acastanhado à volta da boca, Boubacar foi levado novamente para o centro médico.

As radiografias mostraram o crânio fracturado, hemorragias internas em todos os lados do cérebro inchado. Ficou quatro meses em coma e finalmente morreu.

Palavras-chave: mistério , morte , Boubacar Bah , português , detenção ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos