Muçulmanos que moram nos EUA buscam tolerância

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 24/08/2011 - 13h34

Os filhos são escoteiros, os pais fazem trabalho voluntário e a família comemora o feriado de 4 de julho.


Como muitos americanos, os muçulmanos tentam viver uma vida “normal”.


Porém, após os ataques de 11 de setembro, a comunidade islâmica dos Estados Unidos luta contra estereótipos e ódio.


Veja também na TV iG:


Vídeo conta história de última resgatada do 11 de Setembro


Marco Zero dez anos após o 11 de setembro


Em visita a uma escola, George W. Bush recebe a notícia dos atentados de 11 de setembro


Restos mortais nos escombros do WTC


10 anos dos ataques ao WTC: vídeo do primeiro choque foi feito por acaso

Palavras-chave: EUA , terrorismo , comunidade , AFP , norte-americanos , muçulmanos , esteriótipo , tolerância , terroristas , 11 de setembro , Islã ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos