Número de mortos em confrontos no Egito passa de 500

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 15/08/2013 - 17h45

No Egito, a Irmandade Muçulmana faz questão que enfatizar que se compromete com a luta pacífica, apesar da violência com que as forças do governo invadiram seus acampamentos.

Enquanto isso, as autoridades promovem a limpeza do bairro de Nasr City, palco de violentos conflitos, nesta quarta-feira (14/08).

A repressão desafia os apelos da comunidade internacional para uma negociação pacífica para a crise política no Egito.

As forças de segurança tem dificuldade de controlar a nação após o massacre das últimas décadas, mesmo com a imposição do toque de recolher.

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: egito , presidente , ultimato , exército , militares , militar , crise , egípcios , presidência , governo , manifestantes , manifestação , ativista , ativistas , protestos , protesto , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos