Obama ressalta coragem dos japoneses

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 18/03/2011 - 14h35

Em discurso na Casa Branca nesta quinta-feira (17/03), Obama manifestou confiança de que o Japão irá se recuperar da atual crise causada por um terremoto de magnitude 9, um tsunami e o incidente nuclear, uma conjunção que aparentemente está acima da capacidade de reação do governo japonês.


Obama disse que os EUA não trabalham com a hipótese de que a radiação da usina japonesa de Fukushima Daiichi possa atingir seu território, e afirmou que os norte-americanos não precisam tomar nenhuma precaução exceto permanecerem bem informados.


"Estamos trabalhando agressivamente para apoiar nossos aliados japoneses neste momento de desafio extraordinário", disse ele.


"O Exército dos EUA, que há décadas ajuda a garantir a segurança do Japão, está trabalhando o tempo todo. Até agora enviamos por via aérea centenas de missões de apoio aos esforços de recuperação."


O chefe da autoridade reguladora de energia nuclear dos EUA, Gregory Jaczko, disse que seu país está empenhando em oferecer ideias e eventualmente equipamentos para ajudar o Japão a resfriar a superaquecida usina nuclear, 240 quilômetros ao norte de Tóquio. A agência coordenada por Jaczko irá realizar a revisão solicitada por Obama.

"Quando vemos uma crise como a do Japão, temos a responsabilidade de aprender com esse fato e tirar as lições para garantir a segurança de nosso povo", disse Obama, que embarca na sexta-feira para uma viagem ao Brasil, Chile e El Salvador.


Leia mais sobre a tragédia:


Japão admite que reação a terremoto e tsunami foi lenta

Palavras-chave: Obama , discurso , Barack Obama , terremoto Japão , japoneses , governo , terremoto , Japão , , Casa Branca ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos