Otan pede reforços de aviões na Líbia

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 14/04/2011 - 15h37

A Otan pediu nesta quinta-feira (14/04) mais aviões de combate para apoiar as ações de França e Reino Unido nos bombardeios na Líbia e prometeu proteger os civis pelo tempo que for necessário, em uma reunião em Berlim, na qual os aliados exigiram a saída de Muamar Kadafi.


Um intenso tiroteio foi registrado entre as tropas leais ao ditador líbio Muamar Kadafi e os combatentes rebeldes em Ajdabiya, leste da Líbia,.


O confronto aconteceu na zona leste da cidade. Os insurgentes e as tropas de Kadafi disputam há vários dias o controle de Ajdabiya, cidade estratégica situada 160 km ao sul de Benghazi, reduto dos rebeldes.


Os insurgentes recuperaram a cidade na segunda-feira (11), depois de um intenso combate no fim de semana, que deixou pelo menos 35 mortos entre as forças de Kadafi.


Leia mais em Último Segundo:


Com notícias fabricadas, Líbia abre mão de qualquer credibilidade

Palavras-chave: bombardeio , tropas , frança , conflito , reino unido , líder líbio , combates , ataque , coronel , confronto , guerra , rebeldes , combate , benghazi , kadafi , ataques , afp , confrontos , otan , líbia , ajdabiya , muamar kadafi , conflitos , bombardeios , ditador ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos