Pai tranca filhos, explode casa e comete suicídio

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 07/02/2012 - 14h55

Bombeiros revolveram os escombros de uma casa no Estado de Washington, a leste dos Estados Unidos, destruída por uma explosão seguida de incêndio que matou um homem e seus dois filhos. A tragédia ocorreu minutos após uma assistente social ter deixado as crianças - um menino de 5 anos (Braden) e outro de 7 (Charlie) - com o pai, Josh Powell.


Investigadores de polícia acreditam que o homem matou os filhos de própósito e cometeu suicídio. Segundo um dos investigadores, o fogo na residência começou logo depois que Powell recebeu os garotos e se trancou com eles na residência.


"Foi tudo muito rápido, os bombeiros acreditam que ele tenha usado algum tipo de acelerador de chamas. Nós não confirmamos a identidade dos corpos, ainda, mas não temos dúvidas que são de Josh Powell e de seus filhos", disse o investigador.


A guarda de Charlie e de Braden era da mãe dos meninos - no passado, Powell foi preso acusado de ter material pornográfico com crianças. Susan, sua mulher, desapareceu no Estado de Utah, em 2009, e Powell foi considerado um dos suspeitos pela polícia.


O advogado de Powell disse que, antes da tragédia, recebeu um e-mail em que seu cliente escreveu, simplesmente, minutos antes da explosão: "Desculpe-me. Adeus".


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: moradia , meninos , EUA , mortes , Josh Powell , investigador , policiais , acusação , Washington , chamas , tragédia , Reuters , pai , suspeito , residência , filhos , fogo , mortos , investigadores , Estados Unidos , pornografia infantil , garotos , suicídio , pornografia , incêndio , polícia , casa , crianças , prisão ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos