Parlamento faz homenagem às vítimas de atentados na Noruega

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 23/07/2012 - 15h55

O Parlamento da Noruega homenageou as 77 vítimas dos ataques em Oslo e na Ilha de Utoya, no dia 21 de julho de 2011. Durante a cerimônia, o primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, elogiou a coragem cívica de seus compatriotas.


No evento, o rei Harald V e o príncipe herdeiro Haakon também fizeram um minuto de silêncio e cantaram o hino nacional.


No mesmo ato, o secretário-geral do Conselho Norueguês Islâmico, Methab Asfar, disse que o Ramadã este ano – mês de jejum e meditação para os muçulmanos – ocorrerá sob o signo da dor das vítimas e suas famílias.


Das 77 vítimas, a maioria tinha entre 14 e 19 anos. Os jovens estavam em um acampamento de verão do governante do Partido Social-Democrata da Ilha de Utoya.


Anders Breivik Behring, ligado à extrema direita xenófoba, 32 anos, confessou que os ataques foram feitos por seu ódio de imigrantes muçulmanos e para dar um "sinal claro" ao governo.


Leia mais notícias do Brasil e do Mundo no Último Segundo.

Palavras-chave: Noruega , ilha de Utoya , memorial , parlamento , vítimas , reuters , feridos , mortes , atentados , Oslo , homenagens , funeral , chacina , ataques ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos