Perfil de Gbagbo, o líder da Costa do Marfim

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 07/04/2011 - 14h10

Nas eleições presidenciais de 28 de novembro, que mergulhou a Costa do Marfim numa quase guerra civil, Laurent Gbagbo não reconheceu jamais a vitória de Alassane Ouattara, ao final de um processo eleitoral certificado pela ONU. O perfil desse político que continua resistindo à pressão internacional para deixar o poder.


Para seus partidários, Laurent Gbagbo é um grande político, um homem do povo que enfrentou os colonizadores franceses. Para seus inimigos, ele acabou com a estabilidade na Costa do Marfim, governado como um semi-ditador por mais de 10 anos.


O político de 65 anos integrou o movimento sindicalista durante vários anos de oposição ao "pai da nação", o presidente Felix Houphouet-Boigny.


Historiador, Gbagbo logo irritou as autoridades e se exilou na França nos anos 1980. Depois da introdução de um sistema multipartidário em 1990, Gbagbo entrou para a política. Um orador nato, ele se destacou com rapidez.


Em meio a acusações de fraude, Gbagbo venceu no ano 2000 a eleição presidencial, pleito do qual o rival Alassane Ouattara foi excluído. Um golpe de estado fracassado em 2002 causou conflitos e o país ficou dividido.


O mandato de Gbagbo acabou em 2005, mas apenas em 2010 o país estava finalmente preparado para as eleições.


O rival Ouattara venceu o pleito, segundo a comissão eleitoral e observadores internacionais.

Mas o Conselho Constitucional, controlado por Gbagbo, alegou fraude eleitoral e não aceita o resultado.


Há meses, Laurent Gbagbo se recusa a ceder à pressão internacional e sair do poder, deixando mais uma vez a Costa do Marfim dividida por um conflito que parece não ter fim.


Leia mais em Último Segundo:


Estrangeiros pedem ajuda para deixar Abdijan, na Costa do Marfim


Atuação da França em conflitos revela política externa mais feroz

Palavras-chave: costa do marfim , afp , fraudes , confrontos , eleições , saída , poder , conselho constitucional , fraude , conflito , onu , abandono , eleição , confronto , presidente eleito , perfil , laurent gbagbo , alassane quattara , abidjan , conflitos , presidente ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos