Polícía invade escritório do Google na Coreia do Sul

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 03/05/2011 - 12h28

A polícia sul-coreana invadiu nesta terça-feira (03/05) o escritório do Google, em Seul. Segundo a polícia, há suspeita que o departamento de publicidade para telefonia móvel esteja coletando dados, localização e movimentação de usuários sem permissão e aprovação da comissão de comunicações do país.


O Google insiste que as informações são coletadas somente com o consentimento dos usuários.


A ação policial enfatiza a preocupação com o possível mau uso de informações privadas, já que o número de pessoas usando smartphones e tablets é casa vez maior.


Como o Google e a Apple são as estrelas do mercado de telefonia móvel, as duas empresas são as mais visadas pelas autoridades americanas por causa da forma que lidam com os dados pessoais e movimentos dos usuários, que são rastreados. O Google revelou, por exemplo, que pode enviar anúncios de acordo com a localização do usuário.


O Google já é objeto de investigação na própria Coreia do Sul, e também nos Estados Unidos, por conta dos dados coletados por sua frota de carros "street view" - que registram imagens de ruas, praças e outros locais públicos -, desde o ano passado.


Leia mais notícias sobre o Brasil e o mundo em Último Segundo.

http://ultimosegundo.ig.com.br/

Palavras-chave: polícia , investigação , estados unidos , sigilo , apple , smartphones , publicidade , privacidade , tablets , coreia do sul , android , google , reuters , eua , dados ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos