Policia marítima australiana caça tubarões

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 27/01/2014 - 13h08

Neste domingo, (26/01), foi morto pela polícia marítima o primeiro tubarão na costa oeste da Austrália. A ação faz parte de uma polêmica política local para evitar ataques mortais à banhistas, cada vez mais comuns no país.

O governo federal aprovou o programa de redução dos riscos ligados aos tubarões, apresentado pelas autoridades do estado da Austrália Ocidental, onde seis banhistas foram mortos nos últimos dois anos. Concretamente, linhas com iscas poderão ser lançadas a um quilômetros de praias frequentadas do estado.

O governo local deseja poder eliminar todos os tubarões com mais de três metros capturados desta forma: o grande branco, o tubarão-tigre e o tubarão-buldogue. A ONG The Humane Society denunciou uma "absoluta vergonha", "desprovida de justificação científica" e contrária às convenções internacionais sobre a proteção do grande branco. 

Leia mais notícias sobre Brasil e o mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: zoomin , mar , oceano , tubarão , morte , australia , extermínio , morte , ataque fatal , perigo , costa oeste , proteção , ong , amibiental , assassinato , tubarão-branco , vergonha ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos