Primeiro-ministro português descarta demissão diante de crise política

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 03/07/2013 - 11h31

O primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho disse que "não renunciará" apesar de dois membros-chave de seu gabinete terem apresentado pedidos de demissão em uma disputa sobre medidas de austeridade.

Em discurso televisionado à nação na noite desta terça-feira, (01/07), Pedro Passos Coelho afirmou que seu governo continuará sua batalha para restaurar a saúde financeira do país, que está sob um pacote de resgate. "Não desistirei de meu país", disse.

Leia mais em:

Premiê português descarta renúncia após pedidos de demissão de ministros

Palavras-chave: zoomin , primeiro ministro , demissão , crise política , portugal , mundo , desafio , misnistros , crise política , europa , união europeia , luso ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos