Protestos violentos na Geórgia matam duas pessoas

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 26/05/2011 - 11h38

Duas pessoas morreram, entre elas um policial, durante a violenta dispersão de uma manifestação da oposição na capital, Tbilisi, pedindo a renúncia do presidente georgiano, Mikhail Saakashvili.


O batalhão de choque da polícia interveio durante a madrugada (26/05) com bombas de gás lacrimogêneo, canhões de água e balas de borracha, em uma tentativa de dispersar os manifestantes.


Ainda de acordo com o ministério, um policial e um policial aposentado morreram atropelados por um veículo dirigido por manifestantes.


Mlhares de pessoas se reuniram na quarta-feira (25/05) em frente ao Parlamento georgiano pelo quinto dia consecutivo, com o objetivo de atrapalhar o desfile militar programado para esta quinta-feira em comemoração aos 20 anos da independência do país, ex-território soviético.


As autoridades haviam advertido aos manifestantes que não tolerariam protestos depois da meia-noite de quarta-feira - quando ainda havia pelo menos 300 pessoas mobilizadas no local.


Leia mais notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.

Palavras-chave: violência , Mikhail Saakashvili , protesto , Georgia , polícia , violentos , , Tbilisi , manifestantes , manifestação ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos