Rebelião em penitenciária de Honduras deixa 13 mortos

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 30/03/2012 - 15h45

Rebelião em penitenciária do sul de Honduras deixou, pelo menos, 13 mortos na quinta-feira (29/03). O tumulto aconteceu no centro de detenção de San Pedro Sula, a segunda maior cidade do país.


As autoridades já retomaram o controle da prisão. Algumas alas foram destruídas por um incêndio provocado pelos próprios detentos. As vítimas ainda vão ser identificadas pelas forças de segurança.


A polícia acredita que a maioria dos mortos seja prisioneiros, mas o governo não descarta a hipótese de algum carcereiro ter sido executado na confusão. Parentes dos presos dizem que a rebelião foi motivada pela superlotação. A penitenciária de San Pedro Sula tem capacidade para 800 detentos, mas abrigava 2.250.


Esta é a segunda rebelião com mortos em pouco mais de um mês ocorrido em Honduras, por causa das precárias condições carcerárias.


Leia mais notícias em Último Segundo.

Palavras-chave: rebelião , controle , presídio , prisão , presos , polícia , penitenciária , detentos , américa central , honduras , san pedro sula , cárcere , autoridades , detenção , incêndio , detento reuters , carceragem , revolta , segurança , carcereiro , levante , vítimas , fogo , morto , vítima , tumulto , mortos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos