Reféns franceses no Níger voltam para casa após três anos no Saara

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 31/10/2013 - 12h00

Quatro franceses mantidos reféns no deserto do Saara por homens armados ligados à Al-Qaeda por três anos deixaram o Níger em um avião do governo francês nesta quarta-feira (30/10), enquanto na França se discute se houve ou não o pagamento de um resgate.


Os homens, sequestrados em 2010 enquanto trabalhavam para o grupo nuclear francês Areva e uma subsidiária do grupo de construção Vinci no norte do Níger, foram libertados na terça-feira (29/10) depois de negociações secretas.

Eles embarcaram em um avião com o chanceler francês, Laurent Fabius, e outro ministro enviado para buscá-los. "Estou muito feliz. Foi difícil, o calvário de uma vida", disse Thierry Dol, um dos homens libertados.

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo

Palavras-chave: reféns , refém , níger , franceses , Al Qaeda , deserto do saara , áfrica , negociação , liberdade , libertação , zoomin ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos