Sequestrador de mulheres de Cleveland é encontrado morto em cela

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 04/09/2013 - 16h42

O ex-motorista de ônibus Ariel Castro, condenado à prisão perpétua por sequestrar três mulheres por mais de dez anos e mantê-las em cativeiro no porão de uma casa em Cleveland, nos Estados Unidos, foi encontrado morto na noite desta terça-feira (3/09) na cela onde cumpria pena.

Segundo JoEllen Smith, porta-voz do Departamento de Correção e Reabilitação do Estado de Ohio, agentes penitenciários encontraram o prisioneiro enforcado por volta das 21h20 locais. A equipe médica da prisão ainda tentou uma reanimação antes da Castro ser levado ao hospital, onde foi declarado morto.

Castro foi preso no último dia 6 de maio, após a polícia libertar Amanda Berry, 27, Georgina DeJesus, 23, e Michelle Knight, 32, que foram capturadas entre 2002 e 2004. Ele foi considerado culpado por 937 acusações, dentre elas sequestro, estupro, agressão e homicídio qualificado por ter provocado um aborto.

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: sequestrador , sequestro , mulheres , cleveland , cela , prisão , cativeiro , ex-motorista , eua , estados unidos , enforcamento , suicídio , reuters ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos