Sexta de protestos no Egito fica conhecida como Dia da Fúria

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 17/08/2013 - 12h19

Nesta sexta-feira (16/08), as manifestações contra o governo interino foram convocadas pela Irmandade Muçulmana que comanda o país desde a deposição de Mohammed Mursi.

Em uma das piores tragédias da história do Egito, mais de seiscentas pessoas morreram e quatro mil ficaram feridas. 

Crédito: SBT Brasil

Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: ativistas , ativista , manifestação , manifestantes , manifestante , protesto , protestos , egito , mortes , vítimas , vítima , feridos , dia de fúria , irmandade muçulmana , governo interino , governo , mohammed mursi ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos