Técnico de laboratório é preso nos EUA

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 18/09/2009 - 12h42

Um técnico de laboratório da Universidade Yale foi indiciado nesta quinta-feira pelo assassinato de uma estudante de pós-graduação cujo corpo foi encontrado dentro de uma parede do campus de New Haven, Connecticut, no dia em que ela se casaria.

Raymond Clark, de 24 anos, foi indiciado horas depois de ter sido levado algemado pela polícia, que o acusou formalmente pelo assassinato da estudante de farmácia Annie Le, cujo corpo estava escondido no subsolo do prédio do laboratório onde ambos trabalhavam.

Clark foi interrogado na quarta-feira pela polícia, que usou testes de DNA em sua investigação. O chefe da polícia de New Haven, James Lewis, disse numa entrevista coletiva que não há outros suspeitos.

ACOMPANHE AS NOVIDADES DA TViG PELO TWITTER: http://twitter.com/tvig

Acompanhe as notícias do Brasil e do mundo no Último Segundo.



Palavras-chave: assassinato , eua , crime , estudante , laboratório , prisão , técnico ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos