Testemunha acusa polícia de matar 34 pessoas no Egito

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 09/07/2013 - 14h28

Pelo menos 34 partidários do deposto presidente egípcio Mohammed Morsi foram mortos na manhã desta segunda-feira, no Cairo. Relatos iniciais indicavam que 34 pessoas foram mortas e 300 ficaram feridas no tiroteio em frente à sede da Guarda Republicana no Cairo. Uma testemunha disse que os manifestantes estavam rezando quando foram atacados.

Palavras-chave: Egito , Mohammed Morsi , Cairo , mortos , protestos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos