Tragédia em Fukushima afetou educação da região

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 12/09/2011 - 13h29

O medo da radiação virou parte do dia-a-dia das crianças que vivem em área próxima à usina de Fukushima.


Seis meses depois do terremoto e do tsunami que causaram o pior desastre nuclear dos últimos 25 anos, as crianças de escolas localizadas nas proximidades da usina só brincam em locais fechados.


Funcionários medem diariamente a radiação e garantem que o nível está seguro.


A tragédia afetou a educação da região - menos da metade dos alunos do chamado ensino elementar e pouco mais de 50% dos alunos do secundário voltaram às aulas após a tragédia.


Na pré-escola esse número chega a apenas a 20%.


A Tokyo Electric Power, dona das instalações da usina, ainda tenta realizar o chamado "desligamento a frio".


Leia mais notícias do Brasil e do mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: usina nuclear , pré-escola , aluno , alunos , radiação , terremoto no Japão , educação , Japão , criança , tragédia , terremoto , escola , usina , vazamento , escolas , Fukushima , tsunami , energia atômica , crianças , Reuters , nuclear , vazamento ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos