Turista francesa é sequestrada por piratas em resort no Quênia

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 03/10/2011 - 13h59

Uma turista francesa foi sequestrada por homens armados em um resort na ilha de Manda, na costa do Quênia próximo à Somália, informaram autoridades quenianas e francesas.


A mulher, descrita como uma senhora usuária de cadeira de rodas, foi raptada de um bangalô nas primeiras horas da madrugada deste sábado (01/10).


Dois barcos da guarda-costeira queniana perseguiram os criminosos, que atiraram para o alto durante a fuga. Um helicóptero da polícia também foi acionado.


O sequestro ocorre três semanas depois de sequestradores atacarem um casal de britânicos dentro de seu resort, também na divisa entre o Quênia e a Somália. Os criminosos mataram a tiros o marido, David Tebbutt, e raptaram a mulher, Judith. Acredita-se que ela tenha sido vendida para piratas em algum lugar no centro da Somália.


Leia mais em Último Segundo:


Turista francesa é sequestrada por piratas em resort no Quênia

Palavras-chave: cadeirante , pirata , idosa , somalis , marido , Somália , piratas , armados , doente , sequestradores , resort , sequestro , Quênia , Reuters , turista , francesa , perseguição , Somália , cadeira de rodas , tiros , polícia , armas ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos