Violência deixa 638 mortos no Egito

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 16/08/2013 - 12h31

Manifestantes que apoiam o ex-presidente do Egito Mohammed Morsi foram expulsos a força da frente de uma mesquita, lugar onde estavam acampados há um mês e meio.

Considerado o confronto mais violento desde 2011, quando a população tirou Mubarak do poder, a  situação começou a se agravar após milhões de egípcios irem às ruas para derrubar Morsi de seu cargo.

O ex-presidente está retido desde então em um local desconhecido. 

Leia mais sobre o Brasil e o Mundo em Último Segundo.

Palavras-chave: Egito , Mubarak , Mohammed Morsi , 2011 , 2013 , confronto , 638 vítimas , morte , egípcios , expulsos , mesquita , Cairo , Último Segundo ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos