Violência marca final de mandato de presidente mexicano

enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios
Mundo | 28/06/2012 - 12h47

Massacres e situações constrangedoras na guerra contra o tráfico mexicano mancham o final do mandato do presidente Felipe Calderón.


A população espera que o novo presidente, que será eleito no próximo domingo, inicie uma mudança rápida e escreva uma nova página na história do país.


Empreendida desde 2006 pelo presidente Felipe Calderón, a batalha contra os cartéis do tráfico deixou mais de 50 mil mortos no país em seis anos e um cenário de guerra conflagrado na região norte do país, onde mortes violentas acontecem diariamente.


Leia mais notícias do Brasil e do Mundo no Último Segundo.

Palavras-chave: reuters , crimes , promessas , presidente , México , eleições , violência , onda , mudanças , detentos ,

Gostou?

VIDEOS RELACIONADOS

Ver todos